20 de novembro de 2013

O Hospital do Sr. Mello

Querem saber a história de Reynaldo dos Santos? Talvez não queiram até porque a maior parte de vós (os que não são do concelho de Vila Franca de Xira), nem nunca ouviu falar de tal personagem. Contudo apetece-me falar sobre ele.

Diz-nos a Wikipédia, o santo graal do aluno preguiçoso, que Reynaldo dos Santos (Vila Franca de Xira, 3 de dezembro de 1880 — Lisboa, 6 de maio de 1970) foi um médico, escritor e historiador português. Diz mais coisas, mas estas são o essencial para vos enquadrar.

Mas nós sabemos que, mesmo não tendo qualquer responsabilidade nisso, deu o seu nome ao hospital da terra que o viu nascer. Tivera ele opção de escolha e, se calhar, preferiria ter visto associado o seu nome à lota do peixe ou a um marco do correio. De tal forma assim é que, por forças do divino, arranjou maneira de despachar o dito cujo para as mãos do Grupo Mello. Estes, por seu turno lavaram-lhe a cara, mas mantiveram-lhe os vícios.

Reynaldo dos Santos é, post mortem, um homem feliz. O hospital hoje é apenas o de Vila Franca de Xira e não o seu.

P.S.: Obrigado Sr. Mello por ter dotado as instalações de TV's por tudo o que é canto e me ter dado igualmente o tempo suficiente para que conseguisse ver um jogo de futebol por inteiro, assim como o pós-jogo e quase as televendas.

Fonte: Hospital de Vila Franca de Xira

Sem comentários:

Enviar um comentário

A bem da nação, o teu comentário fica a aguardar moderação do Lápis Azul.