5 de novembro de 2013

Não pára... Só abranda

Ontem até eu estranhei o meu afastamento desta página, o que é muito bom sinal. A minha assiduidade por aqui tornou-se uma questão de honra e como tal o buraco negro do dia, e que fora tão comum noutras alturas, deixou-me incomodado.

Andei algo ocupado a montar uma série de ferramentas novas que me permitirão fazer o que gosto com maior qualidade, fiabilidade e rapidez. Passei a tarde e a noite nisso, já que de manhã tive aulas. Se alguém se senti como eu, então estarei no bom caminho. Para esses (e para os outros), fica um pedido de desculpas.

Agora deixem-me lá voltar para as minhas coisas porque andam aí a pedir que se lhes pegue e não se podem deixar cair.

Boa continuação! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

A bem da nação, o teu comentário fica a aguardar moderação do Lápis Azul.