30 de novembro de 2013

Último dia do mês

Último dia do mês, fim de semana, não há campeonato dos putos, espera... ah pois é. Não há campeonato, mas alguém arranjou maneira de não me deixar ficar no sofá a não fazer nada.

Bom, recapitulando: último dia do mês, fim de semana, jogo de treino na Tapadinha, sofá. espera lá outra vez... O puto tem explicação até às 9 da noite, por isso é sair da bola e ir directo lá. Não sei quem é que foi o estúpido que marcou a explicação do chavalo para estas horas.

A ver se é desta: último dia do mês, fim de semana, jogo de treino da Tapadinha, explicação do puto, chegar a casa, comer qualquer coisa e como sobra pouco mais tempo para que termine este último dia do mês, se calhar o melhor mesmo é meter-me na cama até que acorde no primeiro dia do outro mês

29 de novembro de 2013

Carregado vs Alverca

De acordo com o "prometido", ficou pronto on schedule o jogo dos Infantis 11 contra o Carregado. Foi mais um bom jogo de bola e se querem saber como ficou têm que ir ao 807330 do Meo, como já estão fartínhos de saber. Aqui têm este screenshot e já gozam.



Entretanto ficámos a saber que, apesar de não haver jogo de campeonato esta semana, haverá um jogo de treino na Tapadinha com o Atlético. Se não se importam aqui este rapaz quer ver um jogo da bola sossegado, sem dores de braços nem de costas, pelo que não haverá reportagem de vídeo.

Eu sabia que iriam entender...

28 de novembro de 2013

Brrrrr!

Este frio não só me gela os ossos e a carne em volta, como me magoa o cérebro.

Já para a menina da foto é como se estivesse nas Caraíbas. Ele há com cada uma...


27 de novembro de 2013

Enchendo Chouriços

Até agora nada. A coisa está mais flat que o humor de um treinador da bola cujo nome não pode ser dito, mas que se parece mais ou menos com o senhor da foto abaixo.

Se entretanto acontecer alguma coisa digna de registo eu falo convosco.





(O chouriço fica para quem souber a quem pertence a barba. É muuuuuuuita dificil)

26 de novembro de 2013

Boletim Clínico




Após realização de Estudo Modo M + 2D + Doppler, comunica-se que o atleta João Morgado está bem e, se a médica de família lhe der alta amanhã, na próxima quinta feira regressa ao treinos, para mal dos avançados e dos joelhos das calças.

Mais se informa no referente à motricidade mecânica do mesmo individuo, que deve ter em consideração uma mudança regular das pastilhas e da sola das botas.

Obrigado e boa tarde.

Votação do Orçamento de Estado 2014

Sai mais um prego, por favor!...


Não é desses! É daqueles de ferro. É para o meu caixão, se não se importa.

25 de novembro de 2013

Show de Bola

Demorou um pouco mais do que é costume, mas está feito. Este é o resumo do jogo do dia 16 de Novembro contra o Casalinhense da equipa de Infantis 11. Foi mais uma grande joga da bola.

Agora já sabem: Meo Kanal nº 807330.


Conto ainda esta semana carregar o jogo do dia 23 contra o Carregado. Só preciso que não me aconteçam episódios marados.

22 de novembro de 2013

COPS

Aaaah o que eu não daria para ser polícia! Poder participar em manifestações, enfrentar e afrontar colegas da minha classe, romper um perímetro de segurança e ninguém me malhar no pêlo!

Fonte: TVI 24

21 de novembro de 2013

Quartel General

Já que a PJ anda a fazer greve alguém tem de proteger o país!


Serviço Nacional de Saúde

Por estes dias tenho andado absorvido com um episódio de saúde que aconteceu com o meu filho. Não parece que seja mais que um susto, mas para se fazer um despiste eficaz ainda faltam alguns exames. Até lá o rapaz não pode praticar desporto. Aproveito e deixo aqui o nosso obrigado pelas mensagens de apoio e de carinho que temos vindo a receber. Têm sido importantes para levantar um ânimo a um jogador que anda danado da vida por lhe faltar a bola.

Mas o que me traz aqui é algo que me deixa perplexo. Quem tem filhos pequenos acaba por ser um frequentador recorrente do Serviço Nacional de Saúde. Pelo menos os pelintras como eu que não têm dinheiro para a medicina particular. Quem está na mesma situação (não precisam pôr o dedo no ar), sabe que até aos 12 anos de idade o serviço prestado é gratuito. Mais do que justo, acrescento. O que eu nunca tinha visto é que após o acto médico se recebe um e-mail com a informação que aqui publico (com os devidos cortes entre informação privada e a que não interessa):

Clicar para ampliar

Eu não sei quanto tempo tem esta prática ou até se isto é uma politica transversal às instituições de saúde pública ou apenas aos de gestão privada, como é o caso do Hospital em questão. O que eu acho engraçado (eufemismo para outra coisa qualquer que não me apetece dizer), é estarem a dizer assim:

Olha lá que o puto não pagou porque ainda não calhou. Mas põe-te a pau que um dia destes vais ter mesmo de te chegar à frente. Como vês aquilo que o chavalo cá veio fazer custa x e nós até só te levariamos y. Portanto se continuas com essa mania de que és pobre e queres continuar a cá vir, um dia vais ter uma surpresa.

20 de novembro de 2013

Não esquecer

E porque este dia já vai longo, lembrem-me por favor amanhã que tenho de partilhar convosco uma coisa que me apoquenta. 

O Hospital do Sr. Mello

Querem saber a história de Reynaldo dos Santos? Talvez não queiram até porque a maior parte de vós (os que não são do concelho de Vila Franca de Xira), nem nunca ouviu falar de tal personagem. Contudo apetece-me falar sobre ele.

Diz-nos a Wikipédia, o santo graal do aluno preguiçoso, que Reynaldo dos Santos (Vila Franca de Xira, 3 de dezembro de 1880 — Lisboa, 6 de maio de 1970) foi um médico, escritor e historiador português. Diz mais coisas, mas estas são o essencial para vos enquadrar.

Mas nós sabemos que, mesmo não tendo qualquer responsabilidade nisso, deu o seu nome ao hospital da terra que o viu nascer. Tivera ele opção de escolha e, se calhar, preferiria ter visto associado o seu nome à lota do peixe ou a um marco do correio. De tal forma assim é que, por forças do divino, arranjou maneira de despachar o dito cujo para as mãos do Grupo Mello. Estes, por seu turno lavaram-lhe a cara, mas mantiveram-lhe os vícios.

Reynaldo dos Santos é, post mortem, um homem feliz. O hospital hoje é apenas o de Vila Franca de Xira e não o seu.

P.S.: Obrigado Sr. Mello por ter dotado as instalações de TV's por tudo o que é canto e me ter dado igualmente o tempo suficiente para que conseguisse ver um jogo de futebol por inteiro, assim como o pós-jogo e quase as televendas.

Fonte: Hospital de Vila Franca de Xira

Bola e gasosas

E vindo sabe-se lá de onde, um jogo de futebol que começa por ser apenas isso, um jogo de futebol, passa a ser um duelo de individualidades e, por fim, uma guerra de bebidas com gás.

Futebol é isto!

Provocação


... E contra provocação



19 de novembro de 2013

Sem comentários

Um gajo lê com cada coisa nas caixas de comentários das notícias online! A malta que por lá passa consegue falar de tudo menos do assunto da notícia em si. Sou apenas eu a achar que as mesmas deviam ser abolidas?

18 de novembro de 2013

Filosofando por aí




Deixe que cada um exercite a arte que conhece"

Aristóteles

... E outra vez!

A semana começou como acabou a passada. Só lhe carregamos um pouco mais na quilometragem. Não desperdicem as coisas boas que estão à vossa volta.

Tenham uma boa semana!




15 de novembro de 2013

Biciclistas

Hoje foi uma daquelas manhãs. Eu e o Osteopata mais credenciado do país agarramos nas biclas e fomos dar uma volta logo pela fresquinha. Ponto de partida estádio do Futebol Clube de Alverca com paragem na Póvoa de Santa Iria e regresso. Sei que não é grande coisa, mas para mim é uma subida ao Everest, OK? O Armstrong também só fazia melhor porque andava movido a bonbokas.



Lá fomos nós a uma velocidade estonteante com a força motriz de um cavalo por bike. O percurso é agradável e quem não conhece a ligação que une Alverca à Póvoa pelo rio deve fazê-lo logo que lhe seja possível.



No regresso, e quando já lhe estávamos a apanhar o jeito, uma das máquinas furou só para nos obrigar a andar. Conclusão: os últimos 3 kms foram batidos a pé, com as cabras das bicicletas a rirem-se da gente.

A coisa será para repetir! Quem quiser que se junte a nós.

14 de novembro de 2013

A Equipa do Morgado

Reparo que de cada vez que coloco aqui qualquer coisa que tenha a ver com a bola dos miúdos recebo mais visualizações do que aquelas que recebo na maioria dos outros assuntos. Fico agradado com isso, obviamente. Prova que o pessoal anda com vontade de saber mais sobre a equipa deles. Mas fico também na dúvida se não passam por aqui à espera de ler uma espécie de crónica do jogo. Se é isso que vos traz ao blogue, lamento desiludir-vos. Mais facilmente faria um ensaio sobre física quântica do que falar da equipa onde joga o meu filho, pelo menos numa escala superior à do meu grupo de pessoas mais chegadas.

A explicação dei-a sub liminarmente no primeiro parágrafo: joga lá o meu filho. E se sei manter a isenção, sei também que por mais que isso seja verdade, haveria sempre alguém que acharia o contrário. Imaginem lá uma crónica destas:

No passado sábado a equipa onde joga o filho do Morgado, João Morgado, de seu nome Futebol Clube de Alverca, deslocou-se ao terreno do Mafra para mais uma jornada do Campeonato Distrital de Infantis 11. Os visitantes iniciaram o jogo com o João Morgado e mais dez miúdos, também jeitosos. A primeira parte correu de feição à equipa do Morgado que marcou logo no inicio os dois golos (um bis de um jogador da equipa do Morgado), com que chegou ao intervalo. Morgado foi praticamente um espectador da partida, durante esse período, sendo chamado a intervir uma única vez, fazendo uma defesa aparatosa, diríamos até impossível, que levou ao rubro o público presente.

Na segunda parte a toada manteve-se e Morgado incentivava os colegas a fazer mais e melhor. Essa postura heróica do guarda-redes forasteiro deu frutos por mais uma vez, quando um outro colega seu fixou o resultado final em 0-3.

Para a história do jogo fica a tal defesa sobre-humana de Morgado na primeira parte, situação que fez com que fosse considerado o homem do jogo.

... E eu não quero que isto aconteça. Ou que vocês leiam as coisas assim. 
Mas no que depender de mim vão continuar a receber os vídeos da ordem e uma ou outra brincadeira sempre que possível.

(Aceito encomendas de reportagens das restantes equipas)

Amigos

Ei!

Cheguem lá aqui que me está a apetecer falar.

Esta coisa das amizades virtuais está amplamente debatida. Sabemos que amigo numa rede social não significa que o seja na vida real. Muitas vezes nem conhecido é, e por conhecido até alargo o leque aos indivíduos com quem nos cruzamos e damos um encontrão nos transportes públicos. Se estivermos a falar de amizades de rede social, devemos ter em conta que muitas vezes só queremos ser "amigo" de alguém que tenha, um exemplo, um grande par de... vocês entendem.

Mas no meio disto há uma outra coisa que me deixa meio confuso. Vamos lá esmiúça-la: Peguemos no exemplo da rede social que mais seguidores arrasta, o Facebook. Essa plataforma encoraja-me a arranjar um contentor de amigos. Não interessa quem nem como. Quer é que eu conheça metade da população do planeta. Depois, por outro lado diz-me assim: Cuidadinho que esta pessoa já atingiu a cota limite de amigos. OK, tudo bem. Então por que raio me continuas a enviar sugestões para essa mesma pessoa? És um bocado marado!



Está bem que até lá chegarmos muita gente nos terá de passar à frente, mas será justo que me digam quantos "amigos" eu devo ter nas minhas relações? Mas tu agora és o meu pai ou quê?

Está dito. Agora voltem lá para as vossas coisas, mas empenhem-se um pouco mais, porque o vosso chefe já está a desconfiar.

Jogatana do catano

Mais uma joga da bola no canal mais visto em todo o mundo. OK, em Portugal... Pronto, em minha casa.
807330 do Meo Kanal. Jogo dos nossos miúdos contra o Mafra. Desta vez mesmo com bolas ao ferro até marcámos!

Passem por lá e vejam vocês mesmos.


13 de novembro de 2013

Mafra vs Alverca

O jogo com os Moto Ratos de Mafra está neste momento no forno. Depois é deixar arrefecer e amanhã está servido.


WTF???

Robot de limpezas domésticas «suicida-se» na Áustria | Sociedade : Ciência e Tecnologia | Diário Digital

A notícia é de tal forma eloquente que me vou escusar de fazer qualquer outro tipo de comentário. Cliquem no link e tirem vocês mesmos as devidas conclusões.

Aconselha-se a leitura acompanhada por uma caixa de Kleenex.

12 de novembro de 2013

The Lizard King




Dei de caras com a notícia aqui. Captou de imediato a minha atenção por ser um velho fã dos The Doors e, particularmente de Jim Morrison. Tanto assim é que, noutra vida, obriguei um actual pivot de TV a tirar uma foto em Père Lachaise, Paris, ao túmulo do senhor, e que eu visitara pouco tempo antes, sem que tivesse registado o momento. Para os curiosos, o jornalista cumpriu com o meu pedido.

Se a notícia nada tem de extraordinário e é somente um apontamento curioso, não posso deixar passar a ironia de o animal em questão esteja, qual Jim Morrison, extinto. É a ciência a brincar com o quotidiano de uma forma despreocupada e que lhe dá uma certa graça. Eu aprovo.

Aprovo igualmente que isto passe a ser prática corrente. Nomeemos animais extintos, com nomes de pessoas extintas. A este chamaram-lhe Barbaturex Morrisoni. No que toca à minha expectativa pessoal, ando danado para que descubram algum bicho e lhe chamem Cornudus Passus Coelhidis.

XUXUXU XAXAXA

Pensem sempre duas ou três vezes antes de propor algo.





Bom dia!

11 de novembro de 2013

Pequenos Progressos

Vocês viram como é que eu passei o pós-sábado (e até o pós-domingo), sem vir para aqui falar de derbys?

É caso para dizer:

Olá eu sou o Manel e já não falo do Spo... de futebol há uns 2 dias. 

Não façam muitas festas porque isto é uma prova de fundo e não uma corrida de velocidade, OK?


A sentir-se a mudar

Hoje, cá por casa, acorda-se para a vida. Cada um à sua maneira, mas com a consciência que só mudando hábitos é que se chegará a algum lado.

Espero que a mensagem tenha sido, definitivamente, assimilada.

Este foi o momento Facebookiano de O do Manel.

9 de novembro de 2013

Bola e mais bola

O título diz tudo.

Hoje são  derbys que até chateia. Ele é Futsal, ele é Futebol. Jasuis!
E a meio da tarde há futebol a sério. Aquele que os putos pequenos jogam, sem grandes preocupações a não ser divertirem-se. Hoje é em Mafra.

Durante a semana logo vêm, no sítio do costume (não é o Pingo Doce).

Bom fim de semana.

Eis a bola

8 de novembro de 2013

Resumo da semana... Muito resumido

Entre ministros que vão a Hong Kong e depois se atrasam no regresso, passando por inspectores da PJ que dizem abertamente que não começam diligências mais cedo por estarem de greve, continuando com arguidos que por falta de pulseira electrónica têm escolta 24 horas de 2 agentes de polícia à porta de casa (e ainda dão entrevistas pela janela!), e acabando em pseudo-escritoras que só debitam é lixo e ainda o conseguem fazer com orgulho perante uma audiência televisiva, acho que prefiro continuar a brincar ao realizadores.

Volto noutra altura.

6 de novembro de 2013

Compatibilidades

Abre-se aqui, de novo, a coluna da auto-terapia. Sabem que de quando em vez acontece por isso não se queixem. A medicina cientifica está cara, inclusive a de carácter publico e um rapaz desempregado e de poucos recursos encontra nesta vertente alternativa resultados satisfatórios. É melhor que um Prozac ou um Ben-u-ron, dependendo das circunstâncias.

Hoje é uma questão do campo da medicina psicanalítica. Rapidamente vos digo que ando a sofrer à bruta com as minhas relações. Mais acrescento que tem muito a ver com as compatibilidades ou incompatibilidades entre elas. E se pensam que estou a falar de gajas, podem já tirar o cavalinho da chuva. Muito menos estou a falar de gajos, pelo que escusam de ficar em choque. Mais facilmente o Sporting era campeão a tal coisa me acontecer (lá estás tu a bater sempre no mesmo!).

A minha luta é com a forma que estou a utilizar para divulgar a palavra do senhor. A relação que me anda a comer neurónios é a que mantenho com algumas plataformas virtuais. Entre Facebooks, Twitters, Blogues e mais uma ou duas, começo a achar que, afinal, não terei assim tanto assunto que chegue para alimentar tudo isso.

Os que possam estar a pensar que isto é o que se chama "mandar a toalha ao chão" que se desenganem. Aos que já estavam a preparar foguetes com a ideia da minha desistência, digo a mesma coisa. O que pretendo, ou melhor, o que ando a maturar é se não será melhor deixar cair umas para me empenhar mais noutras. A redundância não me está a deixar confortável porque quase que soa a um grito de desespero para que olhem para mim.

Acho que por agora vou deixar a coisa rolar como está, mas sempre pensando sobre esta coisas das compatibilidades e das relações.

Aos que no principio deste texto acharam que estaria a falar de febra, deixo apenas uma referência sobre essa temática. Em tempos tive uma relação em que éramos bastante compatíveis. Ela gostava do peito do frango e eu das pernas. Corria bem porque não se desperdiçava comida.

5 de novembro de 2013

Conhecem este rapaz?



Desde Sábado que queria partilhar convosco uma preocupação, mas tenho vindo a adiar. Estão a ver aquele rapaz com uma barba mal semeada (tipo a minha), com um timbre vocal de cyborg e que desde há 2 ou 3 dias está a comandar os destinos do maior clube do Campo Grande?

O rapaz está a deixar-me ralado. No inicio do passado mês de Outubro disse não conhecer Rui Costa, actual dirigente do maior clube que este mundo já viu, e ex-jogador internacional por Portugal, por quem foi campeão do mundo nas camadas jovens e antigo campeão europeu como jogador sénior. Agora, no principio deste mês afirma que não conhece a história dos resultados do Marítimo na Quinta do Lambert.

Há uma série de questões nessas declarações que merecem que se olhe para elas com alguma frieza e racionalidade:

  1. No primeiro caso estranho que um tipo que diz gostar tanto de futebol não veja jogos da selecção ou da Liga dos Campeões;
  2. No segundo caso parece-me igualmente grave que o actual presidente de um clube não seja um assíduo espectador  dos jogos da sua equipa sempre (mesmo com efeitos retroactivos), principalmente quando esta joga em casa. Se o fizesse já não faria figura de parvo quando lhe perguntassem sobre os resultados de um clube que lá ganhou nos últimos 2 anos;
  3. Estes fenómenos amnésicos estão a surgir em períodos mensais. Ando roído de expectativa para ver o que Dezembro nos trará dali;
  4. Pergunto-me se ele já era assim antes ou se isto surge depois de ir para o tal clube;
  5. Por fim, e se calhar a questão mais importante que se levanta pois é a questão da saúde humana, fico algo apreensivo que um rapaz de 41 anos esteja a revelar sinais de Alzheimer em tão tenra idade.

Não pára... Só abranda

Ontem até eu estranhei o meu afastamento desta página, o que é muito bom sinal. A minha assiduidade por aqui tornou-se uma questão de honra e como tal o buraco negro do dia, e que fora tão comum noutras alturas, deixou-me incomodado.

Andei algo ocupado a montar uma série de ferramentas novas que me permitirão fazer o que gosto com maior qualidade, fiabilidade e rapidez. Passei a tarde e a noite nisso, já que de manhã tive aulas. Se alguém se senti como eu, então estarei no bom caminho. Para esses (e para os outros), fica um pedido de desculpas.

Agora deixem-me lá voltar para as minhas coisas porque andam aí a pedir que se lhes pegue e não se podem deixar cair.

Boa continuação! 

3 de novembro de 2013

Eclipse

Rápido!

Corram para a rua! Está a acontecer agora!



(falta dizer que convém olhar com óculos próprios e nunca directamente sem a falta deles)

2 de novembro de 2013

Sábado à tarde

Um fim de semana sem jogo da bola do puto. Já nem sei como gastar o tempo de sábado à tarde. Esta quebra de rotina está a confundir-me. Aceito boas ideias à borla.




1 de novembro de 2013

Mais um jogo

Só para dizer que já carreguei no Meo Kanal (807330) o resumo do jogo com o Sanjoanense.


Ah o feriado

...O meu feriado de Dia de Todos os Santos? Está a correr bem, obrigado. E o vosso?
Não me digam que foram trabalhar num feriado! Nesse caso bom trabalho.