18 de fevereiro de 2014

Paga e não bufa!




Para quem está indignado com a notícia retirada do Expresso.pt, e que está espalhada por tudo o que é comunicação social, relembro que não é a primeira vez que o Estado assume publicamente a sua incompetência e obriga o cidadão a pagar por isso. Eu mesmo já tinha falado aqui sobre essa questão. Acrescento que entre um episódio e o outro poucos meses distam.

Dizem os sindicatos da função pública que pretendem avançar para os tribunais afim de travar a medida. Concordo e aprovo. No meio disto o que me arrelia é que, a mim, não me deram outra opção a não ser devolver um determinada quantia.

Deixem-se embalar por esta pseudo-onda optimista lançada pela máquina de propaganda do (des)governo e votem neles outra vez.



Sem comentários:

Enviar um comentário

A bem da nação, o teu comentário fica a aguardar moderação do Lápis Azul.