12 de fevereiro de 2014

Esta entrada não é sobre futebol

Vou escusar-me a comentar as incidências do jogo desta terça-feira. Quem quiser análises de vária ordem terá de as procurar nos meios de comunicação mais credíveis, como é o caso do Facebook.

Queria sim deixar um pequeno apontamento que me foi escapando, mas que me apercebo ter feito parte da história do derby. Estava eu a ver os rescaldos na RTP Informação, quando deram um directo da saída das claques do Sporting de regresso a Alvalade. À frente da caixa de segurança seguia o repórter que recolhia o feedback do porta-voz da PSP acerca das incidências extra-futebol. Este congratulava-se pelo facto de não terem sido registados qualquer tipo de acidentes.
Mas afinal houvera um.

Como poderão ver na foto em caixa, os adeptos do Sporting quiseram entrar no estádio equipados com coletes reflectores, daqueles que se usam, por exemplo, nas obras. Segundo a mesma fonte da PSP, foram impedidos de o fazer porque dessa forma poderiam ser confundidos com os agentes de segurança do recinto desportivo e com a própria polícia. Esta é a versão deles.

Foto: Record.pt


Eu cá digo que não os deixaram entrar com "aqueles" coletes por não estarem homologados para a utilização em recinto desportivo. Será que se vão seguir as respectivas coimas?


2 comentários:

  1. E não seria tb necessário o uso obrigatório de capacete? Ou bem q se cumpre ou não...

    ResponderEliminar
  2. Agora que falas nisso estou quase em crer que sim. Estes gajos são mesmo ultras até nas coisas extra-futebol.

    ResponderEliminar

A bem da nação, o teu comentário fica a aguardar moderação do Lápis Azul.