10 de fevereiro de 2010

Tãooooo fofo!

(Agora levam comigo em chorrilho)

Desta feita quero partilhar convosco uma coisa daquelas que passaria totalmente despercebida se não houvessem gajos como eu atentos a tudo.

Chegado então ao meu local de trabalho e dados os bons dias a todos os lagartos que eu conheço, eis que abro o meu servidor de correio electrónico e vejo um ror de e-mails relativos ao mesmo tema, mas de diversas pessoas. Convém aqui dizer que todas essas pessoas eram do sexo feminino e todas elas opinavam sobre uma determinada actividade que se procurava levar a cabo. Até aqui nada de anormal, como vos disse logo de inicio.

O que me faz então escrever sobre uma corrente electrónica de partilha de sugestões?... Passo a explicar:

Na minha análise mais profunda sobre as mensagens reparei que todas elas eram terminadas com "beijos", "beijinhos", "jokas" e afins. Do estilo: "Façamos isto...beijos", "Eu gosto mais daquilo... beijocas", "Podiamos todos fazer assim... jokinhas".

Eu parei para meditar sobre esta forma de estar do mundo feminino. As mulheres são mesmo muito estranhas!

Tentei transpor a coisa para a população masculina e imediatamente concluí que nunca resultaria connosco. Notem:

"Beeeeeem, ganda joga ontem a do Benfas!... Jokas!"

"Não te esqueças hoje da jantarada na Tasca do Júlio... Beijinhos"

"Aquela tua amiga manda cá um par!... Bejufas"

Did I make my point?...

Até um destes dias! Beijinhos!

2 comentários:

  1. Nós mulheres não somos estranhas... somos carinhosas e sensíveis...mas tambem somos como as gatas... manhosas... enquanto a conversa corre bem, é beijinho para aqui, beijinho para ali... agora qd corre mal...acaba-se o mel. Realmente é tipico no sexo feminino...mas tambem o fazemos com o sexo masculino, se calhar não com tanta frequência. Enviar beijinhos para um homem pode ser encarado como: a gaja até me curte... será que quer alguma coisa comigo????
    Bjs ... eh eh eh

    ResponderEliminar
  2. Foi exactamente nessa linha de pensamento que me lembrei do "kiss". Às vezes fujo a essa regra de mandar beiinhos nessas situações, mas há alturas que também saem com frequência. Está-nos no sangue!
    Claro que isso entre homens seria extremamente "fofo"!

    Até à próxima! Beijinhooooos :D

    ResponderEliminar

A bem da nação, o teu comentário fica a aguardar moderação do Lápis Azul.