30 de abril de 2013

Abril

No principio do mês, "foi-me" proposto um desafio. Esse desafio consistia em realizar determinada tarefa no espaço de um mês. Como era algo que procurava há muito, lancei mãos à obra e aproveitei o balanço para por a mexer uma ideia que trazia na cabeça. Mas acontece que esse mês acabou por ser o de Abril.

Abril revelou-se um mês de várias mudanças pessoais e profissionais. Demasiadas, diria até. Onde deveria ter perdido tempo a levar a minha tarefa até ao fim, tive de o roubar para dar a cada novo obstáculo. E por isto falho o objectivo imediato e assim sendo fico frustrado. Até porque a oportunidade é daquelas que não caiem das árvores para quem, como eu, aspira por um dia em que possa fazer vida disso. É um sonho como outro qualquer. Como o de querer ser astronauta ou jogador de Futebol.

Contudo apenas falho uma etapa deste meu caminho. O Abril não me deixou fazer mais, mas não me cortou os braços. O que estava previsto para Abril cabe perfeitamente em Maio ou em outro mês qualquer. A tal tarefa está em curso e não será travada por um mês que apareceu quando não devia.

Stay tuned.

2 comentários:

  1. Nao faz mal. Abril eh sempre um mes atribulado; eh mes para impostos e revolucoes de cravos. MAio eh um mes muito melhor. As xs eh preciso perder uma batalha para ganharmos uma guerra.

    ResponderEliminar

A bem da nação, o teu comentário fica a aguardar moderação do Lápis Azul.